fbpx

Jornada do Paciente: Como mapear cada etapa

Jornada do Paciente: Como mapear cada etapa

Você já ouviu falar em Jornada do Paciente? Trata-se do caminho que ele percorre desde o primeiro momento, quando sente algo como uma dor, até buscar ajuda médica e até mesmo depois disso quando vai para as consultas de revisão, por exemplo.

Sendo assim, trata-se de algo importante para a sua clínica que além do gestor(a), é necessário que a equipe do marketing digital se posicione sobre esse assunto.

A equipe de marketing digital precisa encaixar o paciente em cada etapa do funil de vendas e identificar o que ele precisa em cada uma delas.

As 5 fases da Jornada do Paciente

Fase 1: Atenção

Esse é o primeiro momento em que o paciente percebe que tem algum problema de saúde ou que precisa começar a fazer exames de rotina.

Normalmente, quando ele sente uma dor constante, identifica uma mancha na pele, uma diarreia que dura mais que o normal e assim por diante.

E nesse momento que ele buscará no Google ou nas redes sociais mais informações sobre o seu problema. E sua clínica ou consultório precisa estar lá!

Existem algumas ferramentas que são bastante úteis nesse momento. A sua clínica pode criar conteúdos para blog, site, redes sociais ou investir em anúncios no Google que gerem identificação e mostrem como a ajuda médica é necessária.

Fase 2: Assimilação

Agora que você já chamou a atenção do seu futuro paciente, chegou o momento de entregar um algo a mais.

Nessa etapa, você precisará fazer conteúdos um pouco mais profundos e mais explicativos. Pode até usar termos técnicos — desde que explique cada um deles — e usar mais formatos.

Os e-books são ótimos nesse momento, pois são materiais mais extensos e que, por isso, podem oferecer uma compreensão maior sobre determinada doença, por exemplo. É neste ponto da jornada que o paciente vai saber se precisa de fato ou não buscar ajuda médica.

Fase 3: Arguição

Agora, o paciente está consumindo bastante conteúdo do seu blog, já assinou a newsletter, já baixou um e-book e está muito interessado no que o seu consultório tem a dizer.

Então, ele vai começar a ter outras dúvidas mais específicas, por exemplo, sobre a sua clínica, os profissionais que trabalham nela, há quanto tempo estão no mercado, os cursos feitos, quem faz parte da equipe e assim por diante.

É bom sempre ter um local de contato direto no site, pois, neste momento, o paciente já pode querer marcar uma consulta. O mesmo vale para as redes sociais.

Fase 4: Ação

Agora sim chegou a parte que você gosta (ou vai gostar) que é o paciente escolhendo a sua clínica e marcando uma consulta.

Já há uma certa credibilidade e, por meio dos conteúdos, você mostrou que tem como resolver o problema desse paciente. Porém, existem outros fatores que são relevantes para este momento de decisão final.

A sua clínica precisa ser facilmente encontrada no meio online e oferecer diversos canais de contato. Por exemplo, ter sempre a aba contato no site ou mesmo o ícone do WhatsApp para que o paciente possa entrar em contato direto sempre que puder. Deixe também os ícones das redes sociais.

E falando nelas, é importante deixar também um link de contato direto. Pode ser para o WhatsApp e outras redes sociais, mas é preciso deixar um meio de contato no link da bio.

Outro ponto importante é estar sempre presente no Google. Afinal de contas, estamos falando do maior buscador da internet e, certamente, o paciente pode tentar buscar algo por lá (a sua clínica, por exemplo). Assim, estar cadastrado no Google Meu Negócio e fazer anúncios no Google Ads são ótimas estratégias.

Fase 5: Apologia ou Encantamento

Como dissemos no início deste conteúdo, a jornada do paciente não termina quando ele vai para uma consulta.

Na verdade, essa parte em si é uma das mais importantes, pois é aqui que o paciente decide se gosta ou não dos seus serviços e se vale a pena recomendar para outras pessoas. Assim, é o momento de encantá-lo.

As expectativas dele não devem ser apenas atendidas, elas precisam ser superadas. Você deve entregar mais do que ele espera. Isso o deixará encantado e ele vai começar a recomendar os seus serviços para outras pessoas, compartilhar o seus conteúdos na rede e assim por diante.

Não é difícil mapear a Jornada do Paciente e você pode fazer isso de forma bem simples: tome como base os pacientes que já possui. Envie pesquisas e peça para que eles respondam. Você pode até dar algum tipo de brinde, um e-book gratuito para aqueles que responderem.

Dessa forma você pode criar a Jornada do Paciente para sua clínica de forma muito mais eficaz, ou seja, de maneira que, aqueles que entrarem na jornada tenham grandes chances de marcar uma consulta com você.

Quer aprender mais sobre como melhorar o atendimento e fazer um excelente marketing digital para sua clínica? Então, assine a nossa newsletter!

Pesquisar